Família Espiritana Mensagem do Provincial Notícias

Pe. Dionísio e o Provincial em Tocantins

Pe. Dionísio, e o Provincial em Tocantins…

Depois de sair da Sede Provincial em São Paulo às 04:50 da manhã, no dia 07/12, o Provincial Pe. Leonardo, aterrissou no Aeroporto de Palmas às 12:50 – horário local (uma hora a menos que São Paulo).

O Diácono Antônio, Chofer do Arcebispo de Palmas já o esperava no Aeroporto.

Um amigo de infância

Um amigo de infância ao saber de sua passagem por ali veio ao aeroporto reencontrar o amigo não visto por mais de 20 anos.

Chegando na residência do Arcebispo, Dom Pedro Brito, almoçaram e logo partiram às 14:00 ao povoado chamado Mansinha, com a chegada por volta das 17:15 horas. Quase três horas e meia de viagem. A “estrada preta”, ou seja, o asfalto já requer uma profunda recuperação. A maior parte é só de terra e cascalho.  As estradas estavam regadas por muita chuva. O cerrado, nesta época, é verde e esperançoso.

Comunidade Mansinha

Nesta comunidade, Pe. Dionísio já esperava com um saboroso café da tarde recheado de alegria e calorosa acolhida.

Logo o Arcebispo seguiu para a Paróquia de Lizarda onde celebraria a crisma de mais de 70 jovens.

Pe. Leonardo permaneceu com Pe. Dionísio com estendido diálogo e bate-papo…

Às 18:00 horas Pe. Dionísio começou o atendimento ao povo.

Às 19:00 foi a oração do terço.

Às 19:30 celebram a Eucaristia que também tinha a Formatura 2018 do ensino médio.

Pernoitaram na casa de apoio neste povoado do interior que está distante 100 km da matriz em Rio Sono.

Como foi bom descansar longe da cidade de pedras (SP), sem sinal de telefone, sem Internet… (pois não tinha sinal algum), sem ruídos de carros, escutando a brisa, o sussurro dos insetos e passarinhos ? num clima tão campesino e tão saudável!!!

Sábado, a celebração da Imaculada Conceição de Nossa Senhora começou com a Procissão, sob uma elevada temperatura de tostar um pouco a epiderme.

O Arcebispo chegou e caminhou conosco, passando pelas ruas e escola.

Pe. Leonardo, Dom Pedro Brito, Arcebispo de Palmas e Pe. Dionísio

Logo iniciou a missa que era também de ação de graças pelos 37 anos de sacerdócio do Pe. Dionísio, pelos 05 anos de compromisso da Congregação, que enviou o Pe. Dionísio como Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, acompanhando 19 comunidades na cidade e no interior do cerrado, sertão na Arquidiocese de Palmas.

O método de evangelização usado por Pe. Dionísio, em relação a Deus e seus filhos, inclui, incisivamente, os verbos Escutar-Refletir-Obedecer-Agir.

Vídeo na Comunidade Nossa Senhora Imaculada da Conceição

É necessário acreditar, renovar a esperança, ser profeta, e, em tudo, missionário de Cristo e de seu Evangelho.

Dom Pedro Brito, agradeceu muito ao Pe. Dionísio, a Congregação através da presença do Provincial. A Paróquia ganhou muito em termos de animação missionária, na formação de líderes e redescobriu a fé e a esperança, e a zona rural recebeu uma atenção do Padre que preencheu um vazio que existia há 20 anos.

Vídeo agradecimento no setor Canjarana

Houve ainda um “Junta-Panelas” que é quando todas as famílias preparam a comida, o almoço neste caso, em suas residências e trazem para a comunidade para a grande partilha – põe tudo em comum e sobra com abundância. Almoço comunitário é algo maravilhoso.

Depois das despedidas, ao regressar a Rio Sono, viajando em estrada de terra por 100 km (a rodovia é a mesma que liga essa região ao Maranhão e Piauí) ainda houve a Missa das 19:00 horas na Matriz.

Este nosso confrade, Pe. Dionísio, tem uma energia, um pique enorme, mesmo com os vários km dirigindo, indo e vindo nas condições e distâncias já descritas.

Faz cada atividade como se o seu dia estivesse começando naquele momento. Tudo com uma atitude de amor, paciência e um entusiasmo ímpar.  Às vezes, como um Pastor – Pai, arranca lágrimas dos paroquianos, mas estas lágrimas se transformam em pérolas depois… quando chegam os frutos, o aprendizado e a compreensão do que aquilo significava…claro, é humano.

Domingo partimos às 07:00 da manhã, depois de um desjejum, preparado cedinho pelo padre Dionísio com queijo e manga-pequi (ou pequi), pão ? caseiro, bolo, café e leite.

Depois de enfrentar uma média de 50 km chegamos na Comunidade Nossa Senhora das Graças no povoado Brejo Fundo.

Atendi as confissões.

Durante a Missa ele, autorizado pelo Arcebispo, crismou quatro jovens e um adulto.

Muitos agradecimentos e lágrimas do povo expressavam carinho, crescimento na fé e gratidão.

Dona Cidinha, que tem 107 anos, veio, como sempre, caminhando à Igreja. Por nenhum motivo perdeu a Missa, estava tão feliz pelos ânimos da comunidade renovada que saiu cantando.

O almoço também foi a experiência do “Junta-Panelas”: uma partilha fortalecedora.

De tarde enfrentamos, a partir de Brejo Fundo, mais 90 km em direção ? à Comunidade Nossa Senhora Aparecida do Setor Canjarana já rumo a Rio Sono.

Depois da missa e despedidas, acompanhados de uma forte chuva, seguimos por mais 35 km até Rio Sono para mais compromissos e, ainda sabendo que levantaria às 05:00 da manhã na segunda-feira para ir à Palmas levar o Provincial. 

A gratidão continuou sendo expressada através de lanches e um jantar organizado por pessoas da comunidade, assim como os deliciosos doces e sucos preparados também por Vera, que trabalha na residência Paroquial.

Às 19:30 foi a Missa Paroquial na Matriz, presidida pelo Vigário Geral Pe. Paulo, acompanhado, de Pe. Martins, filho desta paróquia, que assume a sua condução, interinamente, até fevereiro, quando chegará o novo pároco.

Foi feito um grande reconhecimento à nossa Congregação através da pessoa do Pe. Dionísio e da presença do Provincial. Foi ressaltado seu trabalho, legado e Testemunho edificante na Arquidiocese, na Região, entre o clero e na Paróquia em total comunhão com a Arquidiocese…

Logo depois aconteceu uma confraternização que uniu católicos e não católicos. O prefeito, os sacerdotes e famílias estiveram presente.

O seu legado e Testemunho são indescritíveis com palavras…

Só nos resta dizer obrigado, obrigado, obrigado, e pedir um registro sobre esta experiência e vida missionária no cerrado, no sertão, em Rio Sono, nome que ele levou e difundiu por muitos lugares…

Tudo isso quebre preconceitos, elimine desconfianças e nos ajude a ver e ler o significado da missionariedade.

Pe. Dionísio é bom conselheiro, exímio pastor, organizado, zeloso, com predileção pelos pobres, abandonados/esquecidos, é gestor e pastor, é destemido, tem método e visão de como melhorar a vida, escuta, orienta, agrega, soma e congrega, reúne experiência, sabedoria, espiritualidade missionária forte e eucarística… Tem experiência em gestão eclesial e Pastoral como pároco, vice provincial/1° assistente, Conselho presbiteral e provincial , colégio de consultores, Vigário geral e/o episcopal em dioceses, arquidioceses, transitando entre o clero, assessorando   a Bispos, em animação missionária dentro e fora do Brasil, em seminários, perto e atuante na formação do clero… Trabalhou em diversos rostos de Igreja de Norte a Sul do país, uma pessoa que participou de cursos, preparada para conduzir em várias áreas, estudou também para entender melhor a si e aos outros e, para agir também melhor…tem atitude… Reúne uma bagagem que muitas circunscrições eclesiásticas têm aproveitado… Um homem que não pode ficar sem missão… Bispos, paróquias e Dioceses usufruem e o valorizam muito. A sua experiência, as práticas, a visão e o critério para um discernimento ajudam muito.

É a segunda vez que visito esta Paróquia e há tanta história e tantos feitos bons do Pe. Dionísio, contados pelo povo e vistos com meus próprios olhos, que nos exige explorar mais a história escrita e sua experiência… Assim os erros ficam pequenos e são perdoados… É bom ver o melhor e o que é o forte de cada confrade e confiar.

Vídeo saudades, recomeço e envio

Nos faz ver o que é essencial… o que significa, o que nos ensina e o que sugere…e que projeto missionário nos aponta daqui pra frente…

Pe. Dionísio, obrigado e bem-vindo à nova missão! Deus complete em ti a boa obra que há 37 (OS) e 69 anos (N) Ele mesmo começou…

Um grande abraço cheio de gratidão…

Pe. Leonardo, CSSp

Provincial

Veja mais fotos abaixo:

Oscarlos Teixeira

Oscarlos Teixeira

Governador Valadares - MG, Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.

Comentar

Clique para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *