Família Espiritana Mensagem do Provincial Notícias

Provincial em Belo Horizonte MG

Provincial em Belo Horizonte

Terminando o ciclo de viagens CSSp em 3 estados desde do dia 28/outubro: Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais….

Nestes dias desde o 13, até o início do fim de semana, foi a vez de permanecer em Belo Horizonte – Minas Gerais

Missão:

Paróquia Nossa Senhora da Glória – que tem 50 anos de criação e foi desde o seu início confiada à Congregação do Espírito Santo.

 

Equipe:

Pe. Ezenaldo Silva Araújo:

61 anos de idade

33 anos de vida religiosa

29 anos de sacerdócio

Experiência:

Gestão Paroquial, conselho provincial; bastante conhecimento e gosto pela temática de “liturgia”.

É músico profissional: toca, canta e compõe muito bem. É um talento que poderia até receber um maior incentivo e apoio para ser mais desenvolvido e ajudar em múltiplas dimensões.

Foi formador de primeiro e segundo ciclo na Província brasileira.

Atualmente é pároco.

É um religioso caracterizado pela simplicidade e permanente disponibilidade, sempre pronto para partir, imediatamente, e ir para onde for pedido e para onde for enviado – sem oferecer nenhuma resistência. E isso tem acontecido desde seu início na vida religiosa, pois a sua primeira nomeação ele pediu para a África e lhe foi concedido e, antes de ir à Zâmbia, o seu superior o fez reconsiderar e ficar no Brasil por outras necessidades. Claro, que ele mesmo diz que não se sente menos do que ninguém pelo fato de nunca ter morado fora do país.

Tem enorme consciência de que se consagrou para a missão na Congregação e a ela se entrega com as fortalezas e fragilidades humanas.

 

Pe. Francisco Luckmann:

78 anos de idade

55 anos de vida religiosa

37 anos de sacerdócio

Experiência de trabalho na Alemanha e no Brasil em área técnica / profissional.

Foi conselheiro provincial.

Atualmente é vigário paroquial na mesma paróquia onde foi pároco por mais de 13 anos – trabalhou e se esforçou muito neste lugar articulando muito bem a pastoral, dando um testemunho, sem nenhuma mancha, neste lugar onde a Congregação já está presente há mais de 50 anos.

É um homem, um missionário muito generoso que expressa muita paz interior, serenidade, paciência, calma, mansidão e tolerância. Escuta bastante e, com muita atenção, as pessoas.

Tem uma capacidade administrativa enorme com muito bom gosto estético, especialmente na engenharia da construção em coisas maiores e, de modo especial, nos detalhes. Fala cada vez menos, mas está muito atento e sempre tem um acurado pensamento crítico que ajuda a construir as pontes nos caminhos da vida. Sempre teve ótima aceitação no meio juvenil, familiar e sênior.

Durante estes dias o Provincial esteve partilhando do ritmo da vida pastoral e comunitária desta equipe.

As duas equipes espiritanas (do Glória e Laguna) promoveram um encontro e almoço aproveitando a presença do Provincial.

Esteve em uma convivência paroquial durante o feriado. Houve possibilidade de dialogar com alguns funcionários, lideranças, captar sus alegrias, sentimentos, análise dos últimos anos e desafios. Assim como de indagar, observar e partilhar as perspectivas e caminhos para o presente e futuro. O Ano Vocacional e a necessidade de organizar a Pastoral Vocacional paroquial foi também um dos temas das conversas.

A missão nesta paróquia requer a liderança de um pastor firme, mas flexível que escute muito, considere e aproveite a experiência dos leigos, que ajude na solidez da formação e fortalecimento da fé, que envolva as pessoas.

Em termos de gestão paroquial há um trabalho a ser feito em relação à manutenção, sustentabilidade das obras sociais, e à reorganização das receitas.

Em termos pastorais o trabalho de animação, reconquista e formação de lideranças, o relacionamento entre os membros, a confiança, o testemunho, a unidade, a comunhão, a organização, a retomada dos setores, a descentralização, a reativação da primeira comunidade, a formação de pequenas comunidades e o acompanhamento das famílias, crianças e jovens será fundamental.

É importante viver e servir com a consciência de que lutar não é sempre vencer e perder pode significar ganhar.

O Provincial, já em retorno, de ônibus de Belo Horizonte à São Paulo à Sede da Província no Brasil, depois de quase 20 dias de estradas, regressa com muitas tarefas para continuar o trabalho e os vários encaminhamentos e protocolos derivados destas visitas.

Mas também agradece muito a cada confrade e liderança leiga; pede que rezemos uns pelos outros e, espera que todos se sintam animados e apoiados a caminhar juntos com unidade no essencial, liberdade no secundário, vivendo, em tudo, a misericórdia, a caridade, na justiça de todos e para todos.

Oscarlos Teixeira

Oscarlos Teixeira

Governador Valadares - MG, Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.

Comentar

Clique para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *