Notícias

Encontro de novos superiores em Roma

De 19 a 28 de setembro, catorze novos superiores espiritanos reuniram-se em Roma para uma série de encontros e sessões de formação para a sua nova função. Dois superiores da Nigéria não puderem participar por problemas de visto.

A liturgia de abertura, presidida pelo Padre Joseph Shio, assistente tanzaniano, sublinhou a liderança como serviço. Assim, a Missa incluiu o rito do lava-pés, feito pelo celebrante, assistido pelo Superior Geral, o P. John Fogarty (irlandês) e o seu primeiro assistente, o P. Bede Ukwuije (nigeriano).

As reuniões de partilha e formação beneficiaram da tradução simultânea nas três línguas oficiais da Congregação: inglês, francês e português. Depois dos superiores partilharem sobre a situação das suas circunscrições, escutaram apresentações sobre vários temas como: liderança e animação, processos canónicos, associados, autonomia financeira e formação.

O ponto forte espiritual do encontro foi uma peregrinação a Montefalco e Assis, sobre os passos de Francisco Libermann, o nosso segundo fundador, que fez o mesmo percurso em 1840.

Outra experiência marcante foi a participação na audiência papal, onde o Papa Francisco falou sobretudo da esperança, sobretudo a dos migrantes e refugiados. Pediu uma “Igreja aberta, inclusiva, acolhedora” para com os outros. É um tema bastante pertinente, dado o crescimento dos extremismos racistas na Europa.

A sessão de encerramento teve lugar no dia 28, quinta-feira, com uma missa presidida pelo superior geral e um serão cultural animado pelos confrades durante um jantar ao ar livre. Desejamos que os novos superiores regressem aos seus países de missão cheios de entusiamo e excelentes lembranças.

Jean-Yves Urfié (Casa Geral)

Haroldo Evaristo Alves da Silva CSSp

Natural de Brasília/DF, consagrado Espiritano em 16/12/1990, ordenado padre em 02/02/1997. A primeira missão como religioso sacerdote foi nas Filipinas, onde ficou por 4 anos, depois trabalhou em Ceilândia/DF; Governador Valadares/MG; Roma (Casa Geral, onde ficou de 2006 a 2013); São Paulo (Casa Provincial); Salete/SC; Belo Horizonte/MG; foi diretor da casa de filosofia (1º Ciclo) em São Paulo/SP; retornou como Vigário Paroquial em Ceilândia/DF por 2 anos e agora volta a São Paulo para assumir uma nova missão, a Quase-Paróquia São João Paulo II, na Região Belém.

Comentar

Clique para comentar