Família Espiritana Formação Inicial Notícias Província Espiritana do Brasil Vocações

Esperança nova na Província do Brasil – Novos Missionários Espiritanos

Espiritanos presentes na Celebração dos votos temporários e perpétuos

No dia 16 de janeiro de 2021, a Província Espiritana do Brasil viveu um momento de muita alegria e esperança acolhendo novos missionários espiritanos.

Diante da realidade vocacional que vivemos, tivemos a graça de acolher na Província cinco jovens que decidiram professar os seu votos na Congregação do Espírito Santo, dando início a uma caminhada mais profunda como religiosos espiritanos. Quatro deles fizeram a sua profissão temporária e um fez a profissão perpétua, se preparando para receber a Ordem do Diaconato no dia 23/01, em São Paulo/SP.

Esta acolhida se deu em uma bonita e bem preparada Celebração Eucarística, presidida pelo Provincial, Pe. Leonardo da Silva Costa e contando com a presença de vários Padres e Irmãos espiritanos.

É sempre uma grande alegria vivenciar momentos como este, pois nos dá esperanças de continuarmos a missão deixada por nossos fundadores, Pe. Cláudio Poullart des Places e Pe. Francisco Libermann.

Rezemos pelos neo professos, para que eles tenham a graça e a força de Deus para serem fiéis a resposta positiva dada ao chamado Dele.

Abaixo partilhamos algumas lembranças deste bonito momento:

 

Espiritanos presentes na Celebração dos votos temporários e perpétuos
Chegando na Casa Provincial 🇧🇷 São Paulo: Noviços brasileiros ao chegar de viagem do Noviciado (Paraguai).

 

Neo Professos Espiritanos 🇧🇷 com o Provincial
Provincial e neo Professo Perpétuo
Espiritanos neo professos
Neo Professo Perpétuo e Provincial
Neo Professo Temporário e Provincial
Junto com o Provincial: jovens espiritanos que professaram os Votos temporários e Perpétuos
Postulante com o Provincial

Haroldo Evaristo Alves da Silva CSSp

Natural de Brasília/DF, consagrado Espiritano em 16/12/1990, ordenado padre em 02/02/1997. A primeira missão como religioso sacerdote foi nas Filipinas, onde ficou por 4 anos, depois trabalhou em Ceilândia/DF; Governador Valadares/MG; Roma (Casa Geral, onde ficou de 2006 a 2013); São Paulo (Casa Provincial); Salete/SC; Belo Horizonte/MG; foi diretor da casa de filosofia (1º Ciclo) em São Paulo/SP e agora é Vigário Paroquial em Ceilândia/DF (retornando depois de 13 anos fora).

Comentar

Clique para comentar