Todos responsáveis por todos!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

?Todos responsáveis por todos!

Sensatez versus poder intencional de infectar e matar!

Esmagamento e violação social do Pobre acarretando gigantesca injustiça e mais empobrecimento!

Permita-me chegar a você, habitante terráqueo, co-responsável da Vida, e, também especificamente, a quem vive aqui no Brasil onde a Pandemia Covid avança sem parar.

Não há mais tempo para atitudes e descuidos impulsivos ou imprudentes. Não há tempo para indiferença, politização de todos os temas, interesses mesquinhos e egoístas nem para relativismos e conjecturas amadoras.
Parece que o vírus, trajado de pessoa humana responsável, é uma praga muito maior do que pensávamos e, tem desejo visceral de contaminar, infectar e matar.
Quem estaria interessado em alimentar este crescente genocídio?
Quem está pagando esta conta?
Muitos choram lágrimas de sangue à consequência dos abusos dos aproveitadores da situação atual.
É indigno e crucial amanhecer sendo invisível, impotente na voz e ações, sendo mais um encurralado no abismo dos “sem-tudo”.
Por que o avanço e as decisões são tão lentas? A defesa é pela vida ou as boas e necessárias ações se atrasam por causa dos cálculos egoístas de quem está olhando à possibilidade de futura perpetuidade no sistema de poder e domínio?
Parafraseando e lembrando o poeta cantor, agora não precisa cantar e, sim, gritar a berros da mais elevada altura: “Brasil, mostra tua cara, quero ver quem paga prá gente ficar assim… ‘infelizmente’… é uma droga que já vem malhada antes de eu nascer… Brasil, qual é o teu negócio, o nome do teu sócio?…”.
Não perdoarei… os que vendem o justo por dinheiro, o indigente por um par de sandálias e esmagam a cabeça dos fracos no pó da terra” (Am 2,6-7).
Trabalhemos contra a pobreza, a miséria e a desigualdade social.
Lutemos juntos pela Justiça social!
Que “acabe a festa dos boas-vidas!” (Am 6,7)
Não relaxe as medidas de prevenção e redução da transmissão do vírus da covid.
A situação é realmente crítica e não é sensacionalismo. Aumente os cuidados. Evite o que for evitável. Seja coeso e prudente. Cuide em relação às aglomerações, reuniões e viagens.
Se for mesmo imprescindível e, não puder resolver as coisas em homeoffice, online, por telefone ou internet, se tiver que fazer qualquer atividade – que não seja com mais de 10 pessoas.
Ideal seria reunir até 5 pessoas e/ou estourando, até com um máximo de 10 pessoas.
Vejamos por exemplo, os últimos dados e informações publicadas através dos meios de comunicação – sem considerar os vários casos não computados e as situações ocultas ou não registradas oficialmente:

Só em São Paulo ontem foram: 2.255 novas internações. Anteontem morreram 468.
Há um total de 17.269 pessoas internadas com covid em hospitais por aqui. Nas UTIs estão, em situação crítica, 7.415 pessoas.
A cada 2 minutos uma pessoa é internada com covid em São Paulo.
Morreram no Brasil todo 1.840 por covid nestas últimas 24 horas – comparando, para visualizar melhor, é como se caíssem 8 aviões Boeing por dia e morressem todos os passageiros e tripulação.

A cada pouco mais de 50 segundos morre uma pessoa por covid no Brasil??. São mais de 74 mil novos casos de infecção por dia. Cresce o número de casos de infecção, transmissão e morte por covid. 259.402 morreram no Brasil até agora.
Cuide-se muito e ajude a cuidar.
A vida é preciosa mesmo com seus desafios.
Gostaríamos tanto de que cada um, cada pessoa  estivesse mais tempo por aqui na Terra. Há tanta coisa ainda prá fazer, tanta missão a desenvolver em favor de tantos necessitados. Lembremos de fortalecer a rede de solidariedade para aliviar quem sofre mais, especialmente por causa do arrocho e crise econômica – há muita gente sem ar, em jejum, vivendo no deserto numa interminável quaresma com tantas necessidades, sem casa, desempregada, em abstinência extrema, sem dinheiro de aluguel e pensão,  sem poder pagar as contas, sem dinheiro para o pão, transporte,  leite e remédio. Mas há também brutos, dragões monstruosos covardes e egoístas rindo de tudo e se aproveitando destes necessitados. É preciso agir – e que seja logo! Quem tiver ainda um pouco de possibilidade, ajude ou busque ajudantes. Com Deus pouco é muito e muito sem Deus é nada.
Deus vê a opressão, escuta seu grito de aflição e desce para libertá-lo” (Ex 3,7-8).
Só unidos/solidários e abraçados a Cristo venceremos os vários tipos de variações de covid – até mesmo a cepa viral revestida de humanos que institucionalizaram e se encimentaram na corrupção que causa tanta aflição. “Tende Coragem! Eu venci o mundo” (Jo 16,33). Demos bom testemunho no meio das provas difíceis. Mesmo no meio de tantas perdas, desconstruções, feridas, injustiças, abalos, indignação, fortaleçamos a fraternidade, a compaixão, a misericórdia e a rede de solidariedade.
Preservem e reconfirmem, todos os dias, a fé, a profecia, a humildade, a esperança e, principalmente, o Amor.
Juntos seremos mais fortes e, fazendo nossa parte, isto já equivale aos grãos de areia que o mundo precisa para a revolução de passagem para a civilização do amor neste outro mundo possível.

Unidos pela Vida. Caminhando Juntos??

Pe. Leonardo da Silva Costa, CSSp✍???

PROAME
Quem ajuda na evangelização tem
méritos de evangelizador.
colabore

Posts recentes